Um amor chamado Bacon

bacon


Um dos alimentos mais apreciados, o bacon pode estar desde caldos até em sobremesas, dando aquele toque especial, ou mesmo sendo o protagonista da preparação. O produto tem tantos fãs que existem até festivais dedicados somente ao culto do bacon.

Mas não é qualquer carne por aí que pode ser chamado de bacon – e também não dá para cozinhar de qualquer jeito. Veja a seguir algumas dicas para comprar, preparar e combinar o alimento:

  • Na hora de comprar, fique de olho na proporção de carne para gordura da peça. O ideal é que ela tenha dois terços de carne para um de gordura.bacon
  • Bacon, toucinho e pancetta são cortes da barriga do porco, mas não são bem a mesma coisa. A pancetta é curada com pimenta mas não é defumada. Toucinho, por sua vez, é vendido também com o couro do porco, além da carne e da gordura curada e defumada.
  • O bacon industrializado costuma durar até dois meses. É comum que escorra uma espécie de líquido branco após um tempo: é apenas o sal que se soltou da peça. Descarte se notar alterações no aroma ou na cor: se a carne estiver opaca ou acizentada, ou então com aparência viscosa, jogue fora.
  • O ingrediente combina particularmente bem com ovos, queijos e batata.

Conheça algumas curiosidades dessa delícia que é admirada em todo canto do mundo:bacon

  1. Só nos EUA são produzidos mais de 900.000 toneladas por ano.
  1. É uma das carnes mais antigas da humanidade, seus primeiros sinais se deram por volta de 1500 aC, como disse na introdução do post. Apesar de não ser nomeado ainda, a ideia era cobrir a carne do porco com sal para absorver o sabor.
  1. É mais saudável, ou menos maléfico, do que o cachorro quente ou rosquinhas doces, em termos de sal, calorias, gorduras e colesterol.
  1. 70% do bacon dos Estados Unidos são consumidos no café da manhã.
  1. A palavra “bacon” vem da palavra alemã Bacho, o que significa nádega. Ha quem diga também, que a palavra veio do termo francês bakko que quer dizer presunto vindo do porco.bacon
  1. Durante a Idade Média, na Inglaterra, feijão e bacon foram essenciais para os pobres. Tipo a nossa feijoada.
  1. Durante o ano de 1500, a Espanha ofereceu porcos aos Americanos nativos como oferta de paz, sabendo que os nativos gostavam do sabor da carne de porco.
  1. Pancetta é bacon curado ou bacon italiano em conserva que não é defumado.
  1. A gordura do bacon, depois de cozida, está sendo utilizada pela TMI Foods de Nothampton, Inglaterra, para gerar bio-diesel como alternativa de combustível. Isso porque ele diminui a poluição.
  1. 45% da gordura do bacon é monoinsaturada, o que significa que elas diminuem o nível de colesterol ruim.
« »

© 2020 Blog Huddies | Leve pra sua casa. Theme by Anders Norén.