castanha


Castanhas, amêndoas, amendoins, nozes, entre outros – as também conhecidas como oleaginosas – fazem bem ao coração quando consumidas da maneira correta. É preciso prestar bastante atenção às quantidades recomendadas! As oleaginosas são excelentes para a saúde, mas nada de excesso! O ideal é escolher dois ou três tipos favoritos e incluir na dieta.

Conheça os benefícios de cada um dos tipos de castanha:


Castanha de Caju

castanhaFonte de minerais, como ferro, cálcio, fósforo e sódio, e de gorduras insaturadas. Essa parte do caju contém um aminoácido chamado argimino, que alarga as artérias, diminuindo a pressão sanguínea, protegendo todo o sistema cardiovascular. Outros compostos importantespresentes nessa oleaginosa são as vitaminas C, K e do complexo B; o ácido anacárdico, que combate algumas bactérias que causam cáries dentárias; e a dupla riboflavina e tiamina, que melhora a visão, a saúde da pele e os sintomas da TPM.

Recomendação: 3 castanhas por dia.


castanhaAmêndoa

A principal característica da amêndoa  é a fartura de zinco. O mineral contribui para o bom funcionamento do sistema de defesas orgânicas, e também é necessário para a divisão celular, estrutura da pele e cicatrização. Ele ainda tem função antioxidante, através do manganês, do cobre e da vitamina E. Esta última é encontrada em quantidade maior do que a necessária, e ajuda a combater inflamações. Rica em proteínas (aproximadamente 20% de sua composição), a amêndoa também é fonte de vitaminas E e B1, cobre, zinco, magnésio, proteínas, fibras e gorduras monoinsaturadas, que podem diminuir os níveis de colesterolruim no sangue.

Recomendação: 5 a 10 amêndoas por dia.


Nozes

castanha 5Possuem gorduras poli-insaturadas que ajudam a diminuir os níveis do colesterol LDL, aumentar o HDL e manter as triglicérides baixas. Seus principais nutrientes são: Ômega-3 e 6, vitaminas C e E, zinco, potássio e arginina.  Por serem ricas em antioxidantes, especialmente vitamina E e selênio, as nozes funcionam ainda como agentes de prevenção do câncer. E a mesma vitamina é importante para estimular a fertilidade masculina. Além disso, nas mulheres, seus compostos chamados fitoestrogênios – aqueles encontrados também na soja – reduzem os problemas relacionados à menopausa. Além disso, o fruto é rico em cálcio, fundamental para a saúde de ossos e dentes. Ela é um dos itens com maior teor de vitamina B6: só o gérmen de trigo e peixes como a sardinha ou o salmão ganham da noz nesse quesito.  Essa vitamina atua no bom funcionamento do cérebro e na produção de glóbulos vermelhos.

Recomendação:  2 a 4 nozes por dia.


Castanha do Pará

castanhaContém fósforo e potássio, minerais essenciais para equilibrar o ritmo dos batimentos cardíacos e evitar arritmias. Além disso, a castanha do Brasil (ou castanha do Pará), é a oleaginosa que contém a maior quantidade de selênio, mineral que diminui a viscosidade do sangue e facilita a circulação e o transporte de nutrientes pelo sistema cardiovascular. A castanha protege os neurônios, melhora o funcionamento da tireoide, o sistema imunológico e é antioxidante, prevenindo doenças.

Recomendação: 1 a 2 castanhas por dia.


Amendoim

castanhaO amendoim é rico em ácidos graxos insaturados, que são benéficos à saúde e fonte de proteína vegetal, fibra dietética, vitaminas, antioxidantes, minerais e fitoquímicos. Por isso, o amendoim é grande aliado da nutrição humana. Um nutriente chamado ácido fólico é abundante no amendoim, o que é benéfico para a saúde da mente, pois é um cofator para a produção de diversos neurotransmissores.

Recomendação: 30 g por dia ou uma xícara de chá.

 

               Huddies Loja Online: http://www.huddies.com.br/