Confira 17 dicas valiosas para preparar um churrasco perfeito! Uma listinha que não vai deixar você se perder em meio a tanta carne, e vai surpreender os seus convidados!

churrasco

  1. No local em que for comprar a carne, fique atento à sua cor. As carnes devem ter cor mais vermelho para rosado do que vermelho escuro – o que significa que a carne está queimada pelo gelo por já estar ali por algum tempo;
  2. Repare ainda na distribuição das carnes no balcão. Carnes suína, bovina e aves não deve ser misturadas;churrasco
  3. A gordura da carne no amarelo escuro significa gado velho e, se a cor for muito branca, significa carne de búfalo. O ideal é que a gordura esteja num tom de amarelo próximo da cor de manteiga;
  4. Se for comprar carnes já cortadas nas bandejinhas de isopor, fique atento à data de validade nas etiquetas. Essas embalagens, geralmente, duram até 10 dias na geladeira se estiverem fechadas. Além disto, elas têm que conter o tipo do corte e o número do Serviço de Inspeção (S.I.F) – garantia de que a carne foi inspecionada;
  5. Compre as carnes em um açougue de confiança. Uma picanha, por exemplo, dificilmente possui mais de 1,1 kg. Se a peça vendida é mais pesada do que isso, provavelmente traz uma parte de coxão duro;
  6. Na hora de salgar, não faça uma cama de sal grosso: isso fará com que a carne se desidrate e perca seu sabor. O verdadeiro churrasco é temperado apenas com sal grosso. Não use temperos, porque tiram o gosto da carne. Além de temperar na medida certa, o sal grosso ajuda a selar a carne enquanto derrete sobre o fogo, evitando que ela perca muito suco e resseque por dentro;
  7. Não exagere no sal. Se puder, use sal grosso em pedras maiores para pedaços grandes e sal grosso em pedacinhos menores para peças menores;
  8. Não é recomendado utilizar álcool líquido para acender o carvão, pois ele produz uma chama brusca e temporária. Prefira o carvão de eucalipto. Além de segurar a brasa por mais tempo, são mais ecológicos;
  9. A carne que está a 15 cm da brasa será selada ou grelhada. Essa é altura ideal para peças menores. Para assar, use as alturas de 40 cm para pedaços médios e 60 cm, para grandes;
  10. Comece o churrasco assando a costela suína, acomodando-a onde o calor é mais intenso. Asse também as linguiças na mesma altura mencionada. É importante não furá-las com um garfo, pois elas perderão líquido e, consequentemente, ficarão secas e sem suculência;churrasco
  11. Vire as carnes apenas uma vez. Espere que o sangue comece a aparecer em maior quantidade na parte superior e, então, inverta o lado com a ajuda de um pegador. Evite furar a peça;
  12. Observe a relação entre calor e distância da brasa. Uma forma de medir a temperatura é colocando a mão na altura em que a carne será assada. A temperatura deve ser suportável por sete segundos, o que mostra que a relação entre calor e distância está boa. O filé mignon precisa de um cuidado diferenciado. Essa carne, mais sensível, precisa de um calor forte. Coloque a mão a 15 cm da brasa e tente contar até quatro;
  13. Prefira cortes finos;
  14. Para agradar aos mais variados paladares, diversifique na escolha das carnes. Acrescente às carnes bovinas, linguiça e frango, além de itens como queijo e salada;
  15. churrascoNa escolha da peça de carne bovina, fique atento ao grau de deposição de gordura intramuscular da carne. Repare na quantidade de fibras brancas entremeadas na peça, ou seja, o marmoreio. Ele é responsável pela variação total da maciez e excelentes resultados sobre o sabor do corte. Quanto mais marmoreio tiver, mais macia a carne será;
  16. Entre carne bovina, suína, etc., calcule 500 gramas por pessoa;
  17. As melhores partes para o churrasco: Picanha / Ancho Premium / Filé Mignon / Alcatra / Maminha / Fraldinha / Ponta de Agulha / Shoulder Steak / Assado de Tira / Costela Premium e Cupim.

 

               Huddies Loja Online: http://www.huddies.com.br/

 

 

 

 

 

Veja também: